• Coletivo Paralelas

Pensar grande, agir local

No último domingo (29/09) aconteceu a 2ª edição do Festival Costume Coletivo. Como não podia ser diferente, estivemos por lá para prestigiar e contar para quem não pode estar presente como foi.


Começamos esse relato exaltando o carinho que sempre recebemos do pessoal do Costume Coletivo. Todos os integrantes do grupo são pessoas como nós, que sonham em mudar o mundo, mesmo que pouquinho e devagar. A atuação deles nos inspira e nos dá conteúdo suficiente para mostrar que dá para desenvolver projetos locais e relevantes, que fazem como que a "grama" de Poços de Caldas seja tão verde quanto a das outras cidades vizinhas.


#Enxergandocompalavras: stand do Costume Coletivo, com ecobags sob stand de madeira.


O evento, dessa vez, foi realizado no Espaço Naya. O Naya foi o primeiro estabelecimento comercial vegetariano a ser inaugurado aqui em Poços. Mais do que isso, como o próprio espaço se descreve, tenta ser "um pedacinho de floresta no meio da cidade". Essa filosofia já mostra que não tinha lugar melhor para receber esse encontro, né? O espaço é aconchegante, regado de plantinhas e de boa energia.


Nos pequenos detalhes era possível perceber a dedicação da organização do evento, como as lixeiras especiais para lixo reciclável e resíduos orgânicos, a entrada ser permitida para pets e ter muitas cadeiras para acomodar o pessoal.


Essa edição contou com 13 stands, entre marcas, produtores locais e projetos. Além do próprio stand do Costume, que dessa vez mandou seu recado contra o uso excessivo de plástico. Era possível adquirir camisetas e ecobags com alertas sobre o assunto, e também saquinhos de algodão cru, uma alternativa para recusar os saquinhos plásticos em compras em mercado e feiras. Lembramos que o trabalho desenvolvido pelo Costume é voluntário e toda a renda arrecadada nas vendas é destinada a organizar eventos como esse e à manutenção das atividades do Instituto Pensamento e Vida.


Marcaram presença pela segunda vez no evento:

- Naya Sobre Rodas: um projeto formado pela junção de mulheres empreendedoras, que valorizam a arte e colocam muito amor em tudo que produzem, sejam cosméticos ou quitutes.


#Enxergandocompalavras: Arara com roupas de brechó.

- Medicina da Terra: com sua alquimia da Natureza, que combina ervas e plantas naturais para criar pomadas, loções, temperos e tudo aquilo que for possível para curar a alma e o corpo.

- Meu Jardim: uma marca que busca trazer um pouquinho de verde para a rotina de cada pessoa, por meio de mini jardins e plantinhas ornamentais que parecem bebês de tão fofas.

- Ervas & Conservas: com cada vez mais opções, naquele dia em que você tiver sem ideia do que passar em uma sanduíche ou o que acompanhar uma salada, você pode encomendar antepastos, conservas, patês e mousses Salgadas. Ufa!

- Ueba Pães Artesanais: "Ueba" é a expressão que vem na mente após degustar um pãozinho tão delicioso, sempre fresco, feito com fermentação natural, ingredientes selecionados e muito amor e paciência.

- Fadaluca Alimentos: depois de degustar uma geleia feita pela Fadaluca, com gosto de verdade de fruta, garantimos que seu paladar irá passar longe daquelas industrializadas cheias de conservante e açúcar em excesso.

- Planeta Solidário: representado no evento pela Edna, a ONG mais uma vez chamou a atenção para a pauta dos prejuízos trazidos pelos agrotóxicos, além de expor cartazes sobre a importância da economia solidária e mensagens inspiradoras sobre os desafios de ser mulher em uma sociedade patriarcal.

- Ander Vieira (Dr Bee): com diversos produtos derivados do mel, levaram até duas "casinhas" de abelhas para o evento, como forma de lembrar sobre a importância desses animais para o mundo.

- Ahoy: a "cozinha pirata" dessa vez desembarcou no Naya com deliciosas pizzas vegetarianas e veganas.

- Quintal Veg: novamente mostrando que não é preciso absolutamente nada de origem animal para produzir receitas simples, deliciosas e afetuosas.

- Bones Cervejaria: para aqueles que apreciam um bom chop, feito de maneira artesanal.



#Enxergandocompalavras: músico Diego Ávila cantando e tocando violão.

Teve também o pessoal da Horta, que participou pela primeira vez, oferecendo hortaliças orgânicas e saladas refrescantes e perfeitas para um domingo de calor. O evento contou, ainda, com a animação de shows com artistas locais, que embalaram a tarde com hits para todos os gostos de Cazuza e Cássia Eller a rock pauleira.


Se você não conseguiu ir dessa vez, acompanhe as redes sociais do Costume e programe-se para estar presente no próximo. A mudanças de hábitos e de consciência começa com pequenos atos, como comprar de quem produz local, tirar o plástico da rotina, priorizar roupas de brechó a roupas novas, apoiar e incentivar projetos sociais, reduzir o consumo de alimentos de origem animal e incluir músicos da região na sua playlist. Parafraseando um bordão clássico do cinema, venha você também para "o lado verde da força".


Confira aqui mais fotos do evento.


#Enxergandocompalavras: mãos colocando molho em uma salada de hortaliças orgânicas.

96 visualizações

© 2019 por Coletivo Paralelas. Poços de Caldas - MG.

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon