• Coletivo Paralelas

As dez principais propostas de Flávio Henrique Faria (REDE)

Atualizado: Nov 18

Estamos a pouco mais de dez dias das eleições municipais deste ano. Com o adiamento das eleições para novembro, um tempo extra para análise de candidatos(as) surgiu e, por isso, devemos ficar sempre muito atentos. Para colaborar nesse processo de escolha, estamos produzindo uma série especial sobre os/a candidatos/a a prefeito/a para a cidade de Poços de Caldas, onde apresentaremos cada uma das 9 opções para o cargo.


Esse é o sétimo texto do especial, onde elencamos as dez principais proposições de cada candidato/a. Os textos continuarão a ser lançados em ordem alfabética e é importante frisar que todas as informações foram extraídas do plano de governo oficial do candidato/a, que pode ser consultado em sua versão integral, ao final de cada texto.


Disputam a eleição para prefeito/a: Eduardo Junqueira Dias (PDT), Eloisio do Carmo Lourenço (PSB), Ércules Berlini Tassinari (PTB), Flávio Henrique Faria (REDE), Geraldo Laier (Podemos), Geraldo Thadeu (Republicanos), João Alexandre (Solidariedade), Sérgio Azevedo (PSDB) e Yula Merola (Cidadania).

Flávio Henrique Faria (Professor Flávio) é candidato pelo Rede Sustentabilidade (REDE). O partido, é conhecido pela participação da ex-senadora Marina Silva em seu elo nacional, e, possui como liderança na Câmara Federal, a deputada Joenia Wapichana e no Senado Randolfe Rodrigues. O vice da vez na chapa, é o médico Dr. Luis Carlos Simogini.


Flávio Faria possui 47 anos é professor e, vice-prefeito da administração atual. Sua carreira política teve início em 2008, quando foi eleito, pela primeira vez vereador em Poços de Caldas, sendo reeleito em 2012. Em 2016, venceu as eleições como vice-prefeito da cidade, atuando até o corrente ano, como Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.


A chapa, que possui o slogan “Para a esperança renascer”, é coligada com o PSD (Partido Social Democrático), com quem lançou cerca de 23 candidatos a vereador, sendo oito mulheres e 15 homens. Na oficialização de sua candidatura, Professor Flávio destacou a valorização do indivíduo, como ferramenta para a mudança: "Hoje foi dia de renovar a esperança de que podemos, juntos, construir uma cidade melhor para todos! Trata-se de um projeto coletivo, em que os protagonistas serão todas as pessoas de nossa querida Poços de Caldas. 'Para a esperança renascer' é mais do que o nome dessa coligação que reúne pessoas de luta e de paz, é uma mensagem de que é possível acreditar em um caminho de valorização das pessoas, em primeiro lugar!"


O plano de governo de Flávio Faria é composto por 48 páginas divididas em 12 títulos principais, que vão desde a apresentação e introdução gerais, até um mini resumo e contextualização de cada categoria antes das proposições. Abaixo, elencamos as 10 principais propostas do plano:


1) Na Educação, implantar equipes de profissionais da área de psicologia e serviço social, para melhoria na qualidade do processo de ensino-aprendizagem; atender a demanda de crianças e adolescentes que necessitam de apoio e educação inclusiva, garantindo a oferta de profissionais “cuidadores” nas redes de ensino municipal e viabilizando suporte com tradutores de libras.


2) Na Saúde, adoção da atenção primária como porta de entrada preferencial do SUS (Sistema Único de Saúde), com a finalidade de organizar o sistema, além da ampliação da cobertura da Estratégia da Saúde da Família (ESF), priorizando os territórios de maior vulnerabilidade; reforma e manutenção das Unidades de Saúde existentes e implementação de escala de horário para funcionamento das UBS, assegurando atendimento ao trabalhador.


3) Na Cultura, garantir que os recursos referentes à Secretaria Municipal de Cultura e aqueles provenientes de repasse estadual, sejam aplicados integralmente e exclusivamente em ações relacionadas à área artística e cultural; desenvolver projetos interligados entre as Secretarias de Cultura e Educação, Autarquia Municipal de Ensino, Conservatório e uma futura Fundação ligada ao Museu Histórico Geográfico, com o propósito de ofertar diversos cursos da área cultural; ampliar o acervo de nossas bibliotecas, criar programas voltados para o incentivo à leitura, além de fomentar projetos já existentes.


4) No Meio Ambiente, dar suporte aos envolvidos na coleta seletiva da cidade, promovendo a geração de emprego e renda; promover campanhas de conscientização da população sobre práticas de coleta seletiva, incentivando a redução, reutilização e reciclagem de resíduos; otimizar a coleta seletiva de resíduos sólidos, inclusive em área rural, objetivando a redução de lixo reciclável encaminhado para o aterro da cidade; incentivar e buscar meios para desenvolvimento local de fontes de energia renováveis.


5) Na Segurança Pública, fortalecer a Guarda Municipal, otimizando sistemas informatizados de vigilância; incentivar a criação e fortalecimento de Conselhos Comunitários e Rede de Vizinhos Protegidos; aprimorar a formação e qualificação da Guarda Municipal, além de estudar a viabilidade de criação de pontos bases de acordo com a demanda territorial.


6) Na Promoção Social, implementar um Programa Municipal de Aquisição de Alimentos para incentivar a agricultura familiar no Município; viabilizar estudos para tonar acessível ao público de baixa renda, a refeição no Restaurante Popular; manutenção e fortalecimento de parcerias com as Organizações da Sociedade Civil, para serviços voltados à população idosa, infanto-juvenil, situação de rua, pessoas com deficiência e outras necessidades sociais.


7) No Esporte e Lazer, efetivar parcerias com entidade e clubes esportivos, incentivando a formação esportiva de base; viabilizar eventos esportivos locais; realizar a manutenção preventiva e corretiva dos espaços esportivos urbanos e rurais; criar uma política municipal da juventude, lazer e esporte, estimulando o intercâmbio entre escolas.


8) Na Gestão Administrativa, fortalecer as relações e aproximação dos Conselhos Municipais com a Gestão Municipal; desenvolver uma gestão democrática e transparente em diálogo constante com os servidores públicos; garantir a transmissão em tempo real, pela internet, de todas as licitações do Município.


9) No DMAE e DME, estudar a viabilização da transferência para DMAE do Sistema de Coleta de Lixo e implantação do aterro sanitário; elaborar um plano de capacitação para os servidores do DMAE; avançar nas ações de melhoria da iluminação pública.


10) Na Geração de Emprego e Renda, criar um polo de pequenas indústrias de confecção da Zona Sul; realizar cursos, laboratórios e cozinhas experimentais em espaços públicos de diversas zonas da cidade, como forma de capacitação descentralizada; criar um Centro de Inovação e Tecnologia de Poços de Caldas, para receber empreendedores do setor com projetos alinhados às necessidades da cidade; integrar permanentemente as Secretarias Municipais responsáveis pelas aberturas de empesas, desburocratizando esses processos; buscar programas de microcrédito para auxiliar pequenos negócios e microempreendedores individuais no pós-pandemia.

__________________________________________________________________________________


Você pode acessar o plano de governo de Flávio Faria na íntegra clicando aqui.


Outras fontes consultadas:

Site oficial Rede Sustentabilidade

G1 Sul de Minas


Inscreva-se na lista do Paralelas para receber nosso conteúdo:

http://bit.ly/coletivo-paralelas

© 2019 por Coletivo Paralelas. Poços de Caldas - MG.

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon